AO VIVO:

Carregando

Carregando

Carregando

Aulas da rede pública de ensino do Acre serão retomadas gradativamente a partir de setembro

A Secretaria Estadual de Educação do Estado do Acre informou que retomará as aulas presenciais na rede pública de ensino a partir de setembro. As aulas presenciais estavam suspensas desde março de 2020 e serão retomadas de forma gradual, priorizando os alunos do 5º e 9º ano do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio.

De acordo com a responsável pela pasta, Socorro Neri, a Educação está adotando uma série de medidas para garantir a segurança dos profissionais e da comunidade escolar como um todo. “Esse retorno acontecerá de forma gradual, nós daremos prioridade para os estudantes que em dezembro farão a Prova Brasil. Estamos fazendo manutenção nas escolas, organizando os contratos de transporte escolar, contratos de merenda, contratação de professores, organizando um protocolo pedagógico, também sanitário, nos próximos dias teremos definições melhores”, esclareceu Neri.

O retorno das aulas presenciais será feito paralelamente ao ensino remoto. Ainda de acordo com a secretária, a medida está em conformidade com as recomendações do Comitê Especial de Acompanhamento da Covid-10.

“O que o Comitê de Acompanhamento havia decidido, era de que o retorno poderia se dar no segundo semestre letivo de 2021, de modo que o início desse semestre letivo é diferente. Há escolas que fizeram a adesão ao movimento grevista de modo que essas escolas estão com os calendários sendo reprogramados, haverá essa distinção de uma escola para outra estaremos aqui acompanhando e autorizaremos o retorno presencial a partir da decisão do Conselho Estadual de Educação e aprovação do comitê de acompanhamento Covid-19 no momento em que as condições que garantam a segurança estejam postas”, declarou Socorro Neri.

 

Rede municipal

Na capital acreana, a secretária Municipal de Educação, Nabiha Bestene, declarou que a pasta trabalha com dois planos estratégicos, sendo um com retorno na modalidade híbrida, e o outro seria o retorno 100% presencial, ambos com a previsão para outubro, entretanto, não há garantias de qual será adotado, em virtude da pandemia do novo coronavírus.

 

Escolas particulares

Na rede particular de ensino, todas as escolas já retomaram as atividades, seguindo o decreto nº 7.225, de 5 novembro de 2020 – que dispõe sobre o retorno das aulas e demais atividades presenciais no âmbito das instituições públicas e privadas de ensino, em decorrência das medidas de isolamento decretadas em virtude da pandemia causada pela Covid-19.

De acordo com a vice-presidente do Sindicato das Escolas Particulares, Elândia Dantas, as escolas particulares já se encontram na fase III da medida, seguindo, portanto, os protocolos estabelecidos.

“As escolas sindicalizadas também estão fazendo testagem [para detectar Covid-19]. O sindicato criou um Selo de Escola Segura, pois todas as escolas [sindicalizadas] fizeram um treinamento com a vigilância sanitária, inclusive eles emitiram um certificado, se houver algum indicio de contaminzação de alguém, por menor que sejam os sintomas, se for parecido com Covid, [a escola] já sabe as providencias que deve tomar. Se tiver alguma dúvida já fazem a testagem, conversado muito com o comitê e todas as sugestões foram acatadas, compramos máscaras n95, sem contar os outros protocolos, como álcool em gel, etc”, esclareceu Elandia.

Ainda de acordo com o Sindicato, as escolas estão atuando com apenas 50% da capacidade, desta forma, o ensino hibrido permanece, sendo adotado o sistema de rodízio em que os alunos participam das aulas presenciais em parte dos dias e nos demais, acompanha via plataforma de ensino remoto.

 

Fonte: Site A Gazeta do Acre

Foto de capa: Cedida

  • COMPARTILHE
VEJA TAMBÉM

ENVIE SUA MENSAGEM

Peça sua música ou mande um recado para os locutores